segunda-feira, junho 28

Corrida das Fogueiras

A participação do Peniche Amigos Clube na corrida culminou com a obtenção do 13º lugar entre as equipas participantes. Além disso conseguiu ser a melhor equipa do concelho (ver foto com as taças), batendo assim Gelpinhos e Costa Brava, habituais vencedores desta classificação.

Parabéns aos que contribuíram para a equipa, com relevo para o Délio que foi um reforço de última hora:
24º Délio Ferreira - 52'22
59º Nelson Santos - 55'26
119º Mário Sousa - 58'01
208º Henrique Venâncio - 60'58
496º Paulo Santos - 1h07'28
680º Rui Antunes - 1h10'52
1357º Silvino Muchacho - 1h22'45
Chegaram ao fim 1849 atletas.

Pessoalmente a prova até correu um pouco acima do esperado. Consegui manter um ritmo de 4'30 ao km o que para o percurso não é mau (do km 7 ao 13 as coisas não são fáceis). Não se pode é partir muito atrás, pois não há espaço em largura durante os primeiros 800m e torna-se muito difícil passar o pessoal mais lento que se põe à frente. Depois é sempre a bombar com o fresquinho da noite, o calor do público e das fogueiras e esse espectáculo de correr junto ao mar.
São cada vez mais os amantes desta prova! Sejam bem-vindos.
No convívio final houve muita animação, mas a entrega dos prémios foi muito tardia... já com poucas pessoas no recinto.

Outros relatos e fotos:
http://rodadigital.blogspot.com/2010/06/corrida-das-fogueiras-2010-fotos.html
http://www.ammamagazine.com/fotos/2010/06/27-ap/index.html
http://mariasemfrionemcasa.blogspot.com/2010/06/31-corrida-das-fogueiras-26-junho-2010.html
http://run4f.blogspot.com/2010/06/31-corrida-das-fogueiras.html
http://aminhacorrida.blogspot.com/2010/06/30-corrida-das-fogueiras-vs-grande.html

sábado, junho 26

Paulo Sequeira no Europeu de Distância Longa

Hoje a cidade espanhola de Vitória recebe o Campeonato da Europa de Distância Longa. A prova será disputada no formato 4Km de natação, 120Km de ciclismo e 30km de corrida. Para além de Pedro Gomes e Sérgio Marques que irão participar na divisão Elite a prova contará ainda com a presença de 9 atletas amadores portugueses na divisão conhecida por Age-Groups.

Tanto os atletas Elite como os Age-Groupers vão iniciar a prova no lago do Parque Nacional Landa para o qual se prevê uma temperatura de 20º C. O percurso de ciclismo será disputado em duas voltas passando por Alava, Ozaeta, Zalduondo e Salvatierra. O segmento de corrida final tem lugar no Parque Salburua estando a meta instalada dentro de uma pavilhão desportivo: a Buesa Arena.

Na competição masculina o atleta da Eneko Llanos, segundo classificado no Ironman do Hawaii em 2008 e a competir na sua cidade, reúne o favoritismo para a conquista do título europeu. Logo atrás, no rol de candidatos, surgem o Dinamarquês Jimmy Johnsen e Pedro Gomes que em 2008 neste mesmo percurso e então numa prova pontuável para o Campeonato de Espanha se classificou na 4ª posição. Sérgio Marques é outro dos atletas que poderá fazer uma boa prova à conta, sobretudo, do seu forte segmento de corrida.
Tanto Pedro Gomes como Sérgio Marques viajam directamente de Font Romeu - onde realizaram um estágio de altitude - para Vitória.

Na competição feminina as grandes candidatas são a espanhola Virginia Berasategui (3ª no Ironman do Hawaii 2009) e a Campeão do Mundo de Triatlo Longo Jodie Swallow. Portugal não apresenta participantes na elite feminina.

Para além dos Elites, seguindo o modelo adoptado nas grandes competições mundiais, em Vitória realiza-se igualmente o Campeonato da Europa para Grupos de Idade. Aqui Portugal estará representado por Rodrigo Baltazar e Rui Costa nos M30-34. Pedro Lopes, David Caldeirão, Paulo Sequeira e Telmo Veloso estarão no M35-39. Susana Simões compete nos F35-39, Sérgio Oliveira nos M40-44 e finalmente Miguel Fragoso participará nos M45-49.

Fonte: FTP

quarta-feira, junho 23

XXXI Corrida das Fogueiras

Durante muitos anos estive do outro lado relativamente a esta prova. Sonhava com ela, procurava os pormenores em que podíamos melhorar a organização, testava soluções e dava muito do meu tempo para que a prova se realizasse o melhor possível com o orçamento disponível. A Corrida das Fogueiras, fruto do trabalho dessas organizações e das condições naturais que existem em Peniche, alcançou o título de melhor prova nocturna realizada em Portugal.
Nos últimos anos passei para o lado de cá e é um prazer enorme participar nesta prova. Correr à noite junto ao mar, num percurso iluminado por fogueiras, é algo sem paralelo.

Sábado lá estarei para me divertir!

Triatlo de Vila Viçosa

O fim de semana calipolense foi do melhor que temos tido nos últimos tempos. Duatlo de Clubes no sábado e triatlo olímpico "sem roda" no domingo. Bastante camaradagem entre aqueles que se deslocaram ao Além Tejo e um convívio-almoço final de grande categoria.
A prova de domingo remeteu-nos para o verdadeiro espírito do triatlo: um atleta sozinho a lutar contra as adversidades das 3 modalidades e do percurso em si. Para começar a natação na barragem de Lucefecit foi sem fato porque a água estava morna; o ciclismo começou com 9kms a subir e depois nunca mais deu descanso significativo; e para terminar a corrida passava por dentro do castelo de Vila Viçosa, o que nos levou a fazer por 4 vezes as rampas de acesso e do interior das muralhas. Portanto, tudo se conjugou para uma prova de teste às capacidades individuais... venham mais destas!!!
Na minha perspectiva a prova correu dentro do esperado. A natação sem fato acarreta-me mais 4 min. do que quando tenho a ajuda daquele flutuador (fiquei nos 31'). No ciclismo geri bem o esforço: fui vendo alguns craques a passar, mas também ultrapassei o pessoal mais lento (1h19). A corrida foi um pouco penosa (para o meu peso as rampas muito inclinadas são um suplício), mas apesar das dificuldades acabei ao sprint com o Suzana em luta pela medalha de bronze no escalão (o que no momento não sabia, sprintei para não ser ultrapassado e fiz 43').
Na equipa o Major fez uma grande prova de trás para a frente, sempre a ganhar lugares e o Sica testou o seu momento para sábado nos representar em Espanha.
Fechámos a equipa com um 12º lugar, uns segundos à frente do Fonte Grada!

Geral

Nome

1500m

Natação

39km

Ciclismo

9200m

Corrida

Total

Escalão

30º

Nelson Major

34.49

1h12.30

35.15

2h22.35

19ºSN

36º

Paulo Sequeira

27.52

1h17.52

40.10

2h25.55

23ºSN

52º

Paulo Santos

31.12

1h19.17

43.10

2h33.40

3ºV2

92 masculinos + 13 femininos




Fotos: António Pedro

segunda-feira, junho 14

XXIII Triatlo do Ambiente - Oeiras

Fotos do meu filho António Pedro
A prova de Oeiras continua, com o seu carisma, a reunir o maior leque de triatletas a que podemos assistir só com a "prata da casa". (Não podemos comparar com o Half de Lisboa em que a maioria vem do país vizinho). É uma prova muito rápida, com um percurso de ciclismo para roladores, e portanto, a natação dita muito da classificação final. Uma natação deficiente ou um erro de trajectória e... lá se vão os grupos do ciclismo.
Este ano, depois de uma prova de lazer com muitos participantes, assistimos a uma partida para a prova principal com 380 unidades. Três sectores de partida no areal da Praia da Torre e junção da molhada próximo da primeira bóia onde cheguei com uma natação pouco fluída. Optei por me afastar das molhadas e nadar um pouco à parte, pois as sensações não estavam a ser muito boas e assim podia concentrar-me mais e fazer " a minha prova". Lá saí no minuto 14, mas pouco à vontade. Isto de não treinar vai criando mossa (a semana que passou devido às feridas da queda não fui à piscina). A subida até ao PT1 é demolidora, chega-se à bicicleta sem fôlego e quando precisamos de apanhar um "comboio" não há pulmão. Assim não consegui integrar um grande grupo que partiu logo na minha frente e tive que contentar-me por formar um pequeno grupo onde pontuou o João Hipólito, o Paulo Silva e mais dois seniores de quem não sei o nome... obrigado malta! Fomos passando algum pessoal mais lento na bike, mas nunca conseguimos chegar ao grande grupo que seguia 100m à nossa frente. A transição para a corrida foi rápida, mas o andamento foi lento... uma média de 4'28 ao km só dá para ver passar o pessoal. Comparando: quem acabou o ciclismo comigo e fez 18' na corrida (Paulo Silva), passou a meta 80 lugares à minha frente.
Resumindo: este ano estou a andar um pouco menos que o ano passado, mas os treinos também têm sido mais inconstantes. Seria preciso levar um mês ou dois com mais fluídez... vamos ver até a Agosto.

A equipa registou o regresso do Bruno, após um ano e meio de ausência, e fechou em 21º lugar (no meio de 34).

Classificação Masculinos - PENICHE AC
102º Bruno Martins 1h09.59
104º Nelson Santos 1h10.03
115º Henrique Venâncio 1h10.41
132º Paulo Santos 1h11.43
139º Mário Sousa 1h12.13
141º Rui Antunes 1h12.27
179º José Peixoto 1h15.57
206º António Vitorino 1h18.59
217º David Pinto 1h20.56
286º António Mamede 1h30.39
Participantes: 308 masculinos + 42 femininos

quarta-feira, junho 9

Circuito Tri-Escola


Está concluído o circuito de provas do Desporto Escolar realizado pelas escolas de Peniche.
Toda a informação e fotos aqui.

segunda-feira, junho 7

Triatlo de Peniche

Uauuuuuu... finalmente consigo ter um tempinho para postar aqui. Foram quinze dias alucinantes desde a prova do Funchal. Mal cheguei ao contenente embarquei noutro avião para Sofia-Bulgária, onde se disputou o Campeonato Mundial de Badminton Escolar, uma semana de trabalho que carregou e muito as baterias para continuar a empenhar-me no Desporto Escolar. Acho que ainda estou com os olhos em bico só de ver os chinas a jogar aquilo.
Entretanto não estive em S. Jacinto, mas a equipa esteve bem representada pelo Sica e pelo Major que concluíram o Triatlo Longo de Aveiro em 37º (4h44.15) e 46º (4h49.37) respectivamente. Não esquecer que a prova tinha 1900m de natação, 90km de ciclismo e 21km de corrida... ufa!
Os treinos é que estiveram quase ausentes nestas duas semanas, pois quando cheguei da Bulgária havia muito trabalho em atraso e pouco tempo disponível. Valeu o feriado de 3 de Junho para tirar a bike do saco em que tinha ido à Madeira e dar uma voltinha com o Henrique e o Vitorino.
Em Peniche não podia faltar (é a prova da minha terra e que contou nos primórdios com a minha ajuda na organização) e assim parti na ânsia de fazer um triatlo para lutar pelo 6º lugar do meu Age Group. Mas já devia ter cabeça para não embalar nestes sonhos, pois quando não se treina não há pernas... Ainda por cima arrisquei um pouco e ao passar do alcatrão para o empedrado (quando se regressa à Fortaleza na bicicleta) inclinei-me demais e lá fui estragar os cromados.
O triatlo de Peniche esteve à altura dos pergaminhos, muitos participantes, grande luta em alguns age groups, boa organização e um convívio final de grande camaradagem.
A malta da equipa fez pela vida e o Silvino arrecadou mais um troféu:

Classificação dos atletas do PENICHE A.C.
Masculinos (243 participantes)

Geral

Nome

Tempo

Class. Escalão

66º

Nelson Santos

1h12.07

11º M35-39

74º

Henrique Venâncio

1h13.06

14º M35-39

105º

Paulo Santos

1h16.01

10º M45-49

120º

Mário Sousa

1h17.43

13º M45-49

125º

Rui Antunes

1h17.59

24º M30-34

154º

João Martins

1h21.33

9º M20-24

159º

José Peixoto

1h21.54

8º M50-54

163º

David Pinto

1h22.29

15º M18-19

195º

António Vitorino

1h27.49

24º M40-44

216º

Silvino Muchacho

1h32.30

2º M60-64

221º

António Mamede

1h35.12

17º M50-54

Femininos (37 participantes)

DNF

Mariana Cardoso

(Não concluiu a prova)




Fotos do meu filho António Pedro