domingo, março 29

Vendaval em Matosinhos

Ontem na marginal de Leça da Palmeira o vento forte foi a principal característica que marcou este duatlo sprint. Quer a corrida, como o ciclismo tinham um percurso delineado com metade a favor do vento e metade contra. E quando era contra toda a malta procurava uma roda ou umas costas largas :-) ...ir à frente era só para alguns!!!
Foram 285 os atletas a fazer 4800m de corrida, 22km de ciclismo e 2400m de corrida.
Mas como estas provas são para malta que cerra os dentes e vão em frente, lá fomos todos até à linha da meta. Excepção para o Manel Lopes que se envolveu numa queda no ciclismo, felizmente sem consequências de maior.
A equipa pontuou no 20º lugar e não foi um pouco melhor porque o Henrique e o Sica tiveram um engano no ciclismo ao falharem a saída do percurso para o parque de transições... deviam estar com vontade de fazer mais uma volta!
O Silvino foi connosco na carrinha da Câmara e a viagem teve logo outro sabor. Alegria e boa disposição foram uma constante ao longo do dia, culminando no lanche convívio que nos ofereceram pela primeira vez esta época.

Classificação
85º Henrique 1h13.37 (48º Sénior)
90º P. Sequeira 1h14.03 (52º Sénior)
100º P. Renato 1h15.08 (7º Vet.2)
129º João Pedro 1h18.09 (12º Sub23)
139º Luís Filipe 1h19.05 (13º Vet.2)
160º Rui Antunes 1h21.46 (90º Sénior)
DNF Manuel Lopes

terça-feira, março 24

Sábado em Matosinhos

Confirmadas sete inscrições de Peniche para o Duatlo de Matosinhos, que se realiza no próximo sábado na marginal de Leça da Palmeira. Prova que conta para a Taça de Portugal.

Sub23:
João Pedro Silva
Séniores:
Paulo Sequeira
Henrique Venâncio
Rui Antunes
Veteranos:
Luís Pereira
Paulo Santos
Manuel Lopes

segunda-feira, março 23

Duatlo Escolar de 18 de Março

Tínhamos anunciado a prova, mas agora voltamos para deixar algumas fotos e as classificações.
Parabéns a todos os que participaram nesta primeira experiência na modalidade. Parabéns à organização e ao apoio da Câmara Municipal.
Dia 27 de Maio voltamos com a prova de triatlo. Bons treinos até lá!



Infantis Femininos
1º Catarina Silva - EB123 Peniche
2º Laura Novacovici - EB123 Peniche
3º Patrícia Bandarrinha - EB23 D. Luís D`Ataíde
4º Ana Carvalho - EB123 Peniche
5º Bruna Bandarrinha - EB23 D. Luís D`Ataíde
6º Maria Cunha - EB123 Peniche

Infantis Masculinos
1º José Neto - EB123 Peniche
2º Manuel Alves - Colégio St. Peter`s School
3º Francisco Alfredo - EB123 Peniche
4º João Pinto - EB123 Peniche
5º Paulo Romão - EB123 Peniche
6º Tiago Viola - EB123 Peniche
7º João Rego - EB123 Peniche
8º Rodrigo Rodrigues - EB123 Peniche
9º Bernardo Tormenta - EB123 Peniche
10º João Marques - EB123 Peniche
11º André Martins - EB123 Peniche
12º Gonçalo Santos - EB123 Peniche
13º Tiago Oliveira - EB123 Peniche
14º Leonardo Duarte - EB123 Peniche
15º Ruben Tavares - EB123 Peniche
16º Daniel Rocha - EB123 Peniche
17º Tomás Farinha - EB123 Peniche
18º Rui Santos - EB123 Peniche
19º Bruno Rosa - EB123 Peniche
20º João Luís Ricardo - EB123 Peniche

Iniciados Femininos
1º Maria Sousa - EB123 Peniche

Iniciados Masculinos
1º Valério Faustino - EB123 Peniche
2º Cristiano Luis - EB123 Peniche
3º Lúcio Garcia - EB123 Peniche
4º Edgar Rodrigues - EB123 Peniche
5º Luís Sousa - EB123 Peniche
6º José Mota - EB123 Peniche

Juvenis Femininos
1º Daniela Martins - Sec. Peniche
2º Geisa Félix - Sec. Peniche

Juvenis Masculinos
1º Emanuel Dias - EB123 Peniche
2º David Pinto - Sec. Peniche
3º Miguel Paulino - Sec. Peniche
4º Quentin Martins - Sec. Peniche

Juniores Femininos
1º Estela Silva - Sec. Peniche

Juniores Masculinos
1º Nuno Peixoto - Sec. Peniche
2º Miguel Amâncio - Sec. Peniche
3º João Paulo - Sec. Peniche

domingo, março 22

2º Triatlo do Ribatejo

Ontem disputou-se o II Triatlo do Ribatejo, abrindo assim a época de triatlos, pois até aqui apenas tínhamos tido provas de duatlo. E abriu com um número recorde de participantes, provando mais uma vez que a modalidade está a crescer de interesse e em atletas. Esta prova foi também marcada pelo regresso de Vanessa Fernandes à competição, depois da queda em que fracturou a clavícula.
A Albufeira dos Patudos em Alpiarça foi o local escolhido para o segmento de natação com uma distância de 750m a cumprir. Às 15h30 partiram as meninas e 15 minutos depois partimos nós. Já se sabe que com 250 homens dentro de água é natural haver muito pontapé, muita cotovelada, muito agarrão, muito empurrão, muito... mas conseguimos chegar às bicicletas para fazer o percurso de 20km até Santarém. Esta voltinha é relativamente fácil, mas quando passamos o Tejo temos a subida final para distinguir os que andam dos que se arrastam... haja pernas! Na Praça do Seminário finalmente encostavam-se as bikes e começavam 3 voltas pelas ruas empedradas do centro, com curvas e esquinas que massaram bastante até completarmos os 5km. No final já se sabe: o Bruno Pais venceu mais um e a Vanessa estreou-se esta época. De salientar que a selecção russa participou na prova, por se encontrarem a estagiar em Portugal, e ainda uma equipa espanhola.


Classificações da nossa malta
101º Paulo Sequeira SEN 1h13:26
113º Paulo Leitão Santos Vet2 1h14:48
139º Henrique Venâncio SEN 1h17:49
149º Rui Antunes SEN 1h19:21
163º João Pedro Martins Sub23 1h21:18
>>>ver classificação geral masculina

Taça de Portugal
Para a taça conta a classificação da equipa (3 melhores de cada clube). Desta vez ficámos um pouco abaixo do nosso ranking - acabámos em 22º lugar. Mas ainda devemos pontuar pois há que descontar duas equipas: a selecção russa e a equipa espanhola.
>>>ver classificação equipas masculinas

terça-feira, março 17

Recortes de imprensa

Este é do jornal Correio Popular de Peniche (23-02-2009).

Este é do jornal Badaladas de Torres Vedras (13-03-2009).

Amanhã Duatlo Escolar

Como já noticiei aqui, vamos ter amanhã o primeiro duatlo escolar organizado pela Escola EBI de Peniche. Partida às 15h30 com cerca de 100 atletas de Peniche, mas também alguns alunos a virem de outras escolas.
Vamos estar lá!

Próximo Sábado

E finalmente vão começar os triatlos!!!!
Sábado às 15h30 partimos de Alpiarça para chegar o mais rápido possível a Santarém.
Pela notícias que vejo, vamos ter um acompanhamento extra.

segunda-feira, março 16

José Peixoto Vice-Campeão Nacional

Pois é... nem só os profissionais contam. Num campeonato nacional por grupos de idade temos que dar destaque a todos os grupos. E foi assim no Cadaval... nos masculinos 50-54 anos, o José Peixoto foi o segundo a cortar a meta.
Em veteranos continuamos a meter os nossos homens.

Classificações do PENICHE AC
Masculinos 30-34 anos
29º Henrique Venâncio 1:15:13
37º Rui Antunes 1:25:56
Masculinos 35-39 anos
14º Paulo Sequeira 1:11:05
Masculinos 45-49 anos
10º Paulo Santos 1:15:55
Masculinos 50-54 anos
2º José Peixoto 1:13:20





Notícia com desenvolvimento em O JOGO.

quinta-feira, março 12

Para o Cadaval dia 15

A décima segunda edição do Duatlo do Cadaval tem previstas duas provas: uma com início marcado para as 09h30, relativa ao Circuito Regional Centro; outra, a principal, para as 11h00, que constitui Campeonato Nacional de Duatlo de Grupos de Idade e Campeonato Regional Individual e Clubes do Centro.
A partida será dada na Avenida Dr. Francisco Sá Carneiro, junto aos Paços do Concelho, local em que também estará instalada a meta. Os participantes das duas provas deverão colocar o material na zona de transição entre as 08h10 e as 09h10.
PROVA PRINCIPAL
No Campeonato Nacional de Grupos de Idade, os atletas são divididos por escalões etários: 16-17 anos, 18-19 anos, 20-24 anos, 25-29 anos, 30-34 anos, 35-39 anos, 40-44 anos, 45-49 anos, 50-54 anos, 55-59 anos, 60-64 anos e assim sucessivamente.
Para o Campeonato Nacional de Grupos de Idade e para o Campeonato Regional Individual e Clubes do Centro, estas são as distâncias previstas:
- 6000 metros de corrida (três voltas)
- 22 quilómetros de ciclismo (duas voltas)
- 2000 metros de corrida (uma volta)

A representação do PAC - Peniche Amigos Clube vai estar a cargo dos seguintes atletas:
Henrique Venâncio, João Pedro Martins, José Peixoto, Mário Sousa, Paulo Leitão Santos, Paulo Sequeira e Rui Antunes.

segunda-feira, março 9

Grândola Vila Morena

Partida atribulada (perguntem ao Mário)

Domingo, dia 8, a tradicional Grândola mudou... para o BTT. Foram mais de 300 para um Duatlo que me convenceu, pois o percurso e a organização deixaram vontade de lá voltar.
Como é que há malta que fica em casa num dia óptimo para fazer desporto? Assim nem custa levantar às 6 da matina...

O primeiro a cortar a meta foi um homem do BTT (Marco Sousa da Benedita):

Os quatro heróis que se deslocaram de Peniche e completaram a prova com um brilhante 14º lugar por equipas, foram:
51º Mário Sousa - 1h20m09s (4º Vet.2)
55º Paulo Sequeira - 1h20m39s (36º Sénior)
98º Luís Filipe - 1h25m47s (8º Vet.2)
107º Paulo Santos - 1h27m09s (9º Vet.2)

classificação geral

No próximo domingo espera-nos o Cadaval... mais um Duatlo!

quarta-feira, março 4

Balanço Jan+Fev

O mês de Fevereiro foi mais fraco em volume de treino, sobretudo na piscina por causa da queda nas Lezírias, mas mesmo assim já vai somando:

Natação - 39,6km (16h)
Ciclismo - 728km (26h)
Corrida - 250,5km (21h)
Alongamentos - 7h
Ginásio - 16h

Resta saber se este trabalho tem alguma qualidade!!! Em Alpiarça faremos o primeiro teste...

terça-feira, março 3

Marató Barcelona 2009

Quando, na Maratona de Lisboa, vi o espírito com que centenas de estrangeiros vieram participar na prova, fiquei curioso e percebi que algo mais havia para além da parte desportiva.
Esta ida a Barcelona só veio confirmar esta onda que está a levar imensas pessoas a participar numa prova de grande resistência, mas que associada a uma certa forma de turismo, permite conhecer o mundo e contribuir para a fraternidade entre os povos.
Estar numa linha de partida com 10.000 manos para fazer 42km de corrida é indescritível. Comovente mesmo quando se arranca a ouvir Freddie Mercury e Montserrat Caballé no hino a Barcelona. Depois a organização trata de tudo para que nos seja fácil correr e o público não nos deixa sequer abrandar. São 42km que se não exagerarmos no esforço acabam por se fazer lindamente.
Para começar, no sábado, fomos levantar o dorsal e ficámos maravilhados com a feira da Maratona e o modo como atendem as pessoas numa máquina organizativa muito bem oleada.
Agradecemos ainda a Pasta Party que nos serviu de almoço, onde podiam entrar os acompanhantes, e fomos passear para as Ramblas.

No domingo, como ficámos num hotel perto da partida, levantamos às 7h30, tomámos o pequeno almoço e aí fomos nós... A Praça de Espanha já estava repleta de gente, tirámos as fotos da praxe e entrámos no nosso sector de partida (3h30 a 4h00). Para os objectivos planeados - correr num ritmo confortável e a desfrutar a prova - não era necessário aquecimento, pois os primeiros 5km serviam para isso. Dada a partida às 8h30 só começamos a andar passados 2 minutos e só passámos debaixo do pórtico 4 minutos depois... tínhamos uns milhares à nossa frente! Até ao Campo Nou praticamente não deu para correr tal era a quantidade de gente. A partir do km 5, já aquecidos, conseguimos meter o nosso ritmo e ultrapassamos o pacemaker das 4h00. A chuva miudinha ajudava a não aquecer e aumentámos um pouco de ritmo até ultrapassar o pacemaker das 3h45 (por volta do km 15). Passámos à meia com 1h53 (1h49 no chip) e era impressionante como o público apesar da chuva assistia e incentivava. O percurso está delineado para vermos todos os monumentos e pontos importantes da cidade... Sagrada Família... La Pedrera... Arco do Triunfo... Ramblas... aqui só me fez lembrar as etapas de montanha no Tour, quando o povo apenas deixa uma pequena faixa para os ciclistas, emocionante. Para culminar as nossas meninas lá estavam de máquina em punho para esta foto


Mas as surpresas não acabaram aqui porque um pouco mais à frente lá estava o Sedi, sim ele mesmo a ver a prova em vez de participar, a puxar por estes portugas. Tive que parar para o cumprimento especial.
Há quem diga que a maratona começa no km 25 e realmente a partir daqui as pernas começam a pesar. No entanto mantivemos o ritmo até ao km 37, já depois de termos passado pelo irlandês que infelizmente faleceu com ataque cardíaco (assistimos ainda às tentativas dos bombeiros para o reanimar).
Os últimos 5 km foram para o Henrique uma luta contra a sua vontade, que imagino era mais de parar. Mas com os meus incentivos e com a ideia de superar a sua melhor marca lá se aguentou e acabámos com 3h44 (3h40 no chip).
Se querem uma maratona bem organizada, com muitos atletas, muito público e um percurso que nos dá a conhecer toda a cidade, venham até Barcelona.

Eu por mim já sonho com a próxima cidade que vou visitar e aproveitar para participar na sua maratona ou vice-versa...